Há momentos em que o período menstrual pode ser inconveniente, por exemplo, durante um feriado, um exame ou uma ocasião especial, como um casamento. Existem duas maneiras principais de atrasar o seu período durante esses momentos, dependendo se você já está ou não tomando a pílula contraceptiva.

Para atrasar o seu período, você pode usar um medicamento chamado Noretisterona. Ele se apresenta em comprimidos que devem ser tomados três dias antes de seu período menstrual. Você deve então tomar três comprimidos por dia durante o período em que você deseja atrasar a sua menstruação (você pode tomar os comprimidos durante um período máximo de 20 dias, o que irá atrasar o seu período por um máximo de 17 dias).

  • Prescrição online
    do nosso médico
  • Prescrição
    válida em qualquer farmácia
  • Entrega expressa
    sem custo
  • Tudo incluído no preço
    Não há taxas adicionais

Noretisterona

Fabricante:

A pílula Noretisterona é utilizada para atrasar o período menstrual, normalmente quando o mesmo não é conviniente, por exemplo durante as férias. Para comprar a pílula Noretisterona on-line, preencha o nosso breve questionário e então o nosso médico pode diagnosticar a sua condição. Receita médica e entrega estão incluídos no preço do medicamento.

Leia mais sobre isso Noretisterona
Faça a compra do Noretisterona e receba em casa
Entrega no dia seguintes sem custo Prescrição médica incluída
Faça o pedido do Noretisterona agora
Excepcional Trustpilot 4.5 / 5 Pacientes deixaram o seu comentário no trustpilot

O que é o atraso da menstruação?

O atraso menstrual acontece quando a menstruação não ocorre dentro do período normal do ciclo de cada mulher (que, em geral, dura 28 dias, mas que pode ser mais ou menos longo em função de fatores individuais). Este atraso menstrual pode ocorrer naturalmente (indicando, em geral, alguma alteração hormonal ou de outra ordem do corpo) ou propositalmente.

O atraso menstrual proposital ou intencional é, portanto, o ato de se utilizar de elementos externos para postergar a vinda da menstruação no período em que esta normalmente é esperada.

Por que alterar o período menstrual intencionalmente?

Algumas mulheres desejam alterar o período da menstruação em função de uma viagem, ou de algum programa que coincidirá com o seu ciclo menstrual, e se valem de vários métodos para fazer isso. Muitas mulheres também recorrem ao atraso menstrual intencional por acharem este período doloroso, delimitante e inconveniente.

Este tipo de alteração nas funções cíclicas do corpo, no entanto, exige certos cuidados e precise ser feito de uma maneira correta e segura para que complicações sejam evitadas. É preciso conhecer todos os riscos envolvidos na supressão, e como evitá-los de maneira confiável.

Existem, hoje, alguns medicamentos criados tendo em vista justamente a supressão total ou o atraso da menstruação. Estes fármacos devem ser preferidos a outros métodos de atraso menstrual, pois apresentam riscos reduzidos e funcionam de maneira muito mais previsível.

Abordaremos estes tópicos em mais detalhes a seguir.

Como funciona o atraso da menstruação?

O atraso menstrual – tanto natural como proposital – está associado a flutuações e alterações hormonais significativas. Este processo frequentemente leva a efeitos indesejados sobre o corpo, e por isso deve ser feito de maneira cuidadosa e consciente com medicamentos especializados.

O ciclo menstrual natural é causado por elevações e quedas nas taxas hormonais que definem todas as etapas rotativas de renovação uterina e fertilidade, como a ovulação, descamação do útero, sangramento, etc.

O período menstrual, especificamente, é definido por uma queda brusca nas taxas de progestina, o que leva à descamação do útero e posterior sangramento. Para atrasar a menstruação artificialmente, é preciso, portanto, manter estas taxas elevadas por mais tempo do que o normal para que haja o atraso ou suspensão do sangramento menstrual.

Muitas mulheres forçam o atraso menstrual simplesmente “emendando” um cartela de pílulas contraceptivas diretamente com a próxima cartela – ignorando, portanto, o intervalo recomendado de uma semana entre as duas cartelas. Embora esse método possa ser eficaz para algumas pessoas, ele pode causar desconforto e sangramento prolongado em outras (além de uma completa desregulação do ciclo menstrual que leva meses para ser corrigido).

A boa notícia é que não é preciso correr estes riscos uma vez que existem hoje medicamentos que são produzidos justamente para realizar a supressão e atraso da menstruação da maneira mais confortável possível. Graças aos avanços na área dos hormônios sintéticos já é possível atrasar a menstruação com segurança para, por exemplo, aproveitar as férias, ou por qualquer que seja o motivo.

Existem alguns tipos de pílulas (compostos hormonais que não são idênticos em composição aos anticoncepcionais) desenvolvidas especificamente com o propósito de adiar a menstruação. Elas possuem algumas diferenças entre si, mas, em geral, operam da seguinte maneira:

Os medicamentos contém progestina sintética que desacelera o processo de descamação do útero. Quando o ciclo menstrual começa, o corpo descarta o endométrio porque nenhum ovulo foi fertilizado e se agarrou as paredes do útero. Isso ocorre justamente quando os níveis de progestina caem.

Isso afeta os hormônios de progestina no hipotálamo ao prevenir a queda no nível dos hormônios e a renovação do endométrio. Ao postergar a queda no nível hormonal e a rejeição do endométrio o ciclo é atrasado. No entanto, isso não deve ser feito por mais do que duas semanas. Ou o ciclo pode se tornar irregular.

A maioria das medicações deste tipo não deve ser usado continuamente. Nestes casos, as pílulas podem ser usadas pelo período médio de duas semanas podendo ser interrompido antes, o que causará sangramento em até três dias – mas o uso não deve ser extendido para além do período indicado.

Algumas opções de fármacos, no entanto, permitem que o atraso menstrual se estena por até três meses.

Existem riscos associados ao atraso da menstruação?

Quando tomadas da maneira correta e com acompanhamento regular de um médico ginecologista as medicações para atraso menstrual são extremamente seguras. Evidentemente, no entanto, há riscos associados ao seu uso, assim como existe com qualquer medicamento, mas eles são muito incomuns e, na maioria dos casos, evitáveis.

O atraso menstrual proposital causado pelo uso de medicamentos especializados é um processo seguro para a maior parte das mulheres com algumas restrições que serão listadas a seguir.

Este tipo de medicação não deve ser usado caso:

  • mulheres estejam grávida ou esteja tentando ficar;
  • caso esteja amamentando;
  • por pessoas que tenham um coágulo em uma veia ou artéria, ou que tenham tido um antes dos 45 anos;
  • por mulheres que tenham problemas de pressão, ou que sejam fumantes;
  • por mulheres com enxaquecas recorrentes e fortes;
  • mulheres que tiveram câncer de mama; por mulheres diabéticas, ou obesas.

Este tipo de medicação não pode ser usado como contraceptivo. Ele só deve ser tomado ocasionalmente já que seu uso repetido pode causar efeitos colaterais indeseajados e complicações severas.

Vantagens no atraso do ciclo

As mulheres podem aproveitar muito mais a vida quando tem a liberdade de decidir quando menstruar. Mulheres que praticam esportes, por exemplo, podem se beneficiar muito deste tipo de controle.

Quem optar pelo tratamento com compostos hormonais mais fortes pode ficar até três meses sem mestruação. Isso é excelente para mulheres que sofrem muito com os sintomas pré-menstruais, com cólicas, dores de cabeça, etc.

Sem mudanças na contracepção

Sem mudanças na contracepção

A maioria dos medicamentos para atraso menstrual não interfere na proteção oferecida pelos anticoncepcionais, desde que usados corretamente. A maioria dos remédios, no entanto, não oferecem proteção contra gravidez se tomados sozinhos.

Para não correr riscos é essencial procurar aconselhamento ginecológico antes de utilizar qualquer medicação.

Efeitos colaterais

Como todas as medicações, estes remédios também podem levar a alguns efeitos colaterais. Além de poder causar eventualmente alterações no ciclo menstrual, também foram relatados sintomas como:

  • pequenos sangramentos
  • corrimentos
  • tontura
  • náusea
  • dor de cabeça

Em casos raros, algumas mulheres apresentaram:

  • mudanças no apetite
  • depressão
  • ganho de peso
  • insônia

Fonte: 

Delaying a Period - URL: patient.info

Delaying menstruation during holidays - URL: nhs.uk

Menstruation and the Menstrual Cycle - URL: womenshealth.gov

Como funciona
    • Selecione o seu medicamento

      Escolha a medicação que gostaria de comprar e selecione a dosagem e quantidade adequada para prosseguir com a sua consulta.

    • Preencha o formulário médico privado

      Preencha o formulário de consulta médica para fornecer mais informações sobre o seu estado de saúde atual para o seu médico. Isto irá permitir que o mesmogaranta que o tratamento prescrito é o mais adequado.

    • O médico emite a prescrição

      Uma vez que o nosso médico verifica o formulário preenchido, uma prescrição é criada e enviada diretamente para a nossa farmácia, que irá então enviar o seumedicamento.

    • O medicamento é enviado no dia seguinte

      A nossa farmácia registada no Reino Unido irá completar uma verificação final garantindo que vai receber o tratamento adequado no dia seguinte.

  • Pílula Contraceptiva Combinada 11 tratamento(s) disponíveis Continuar
  • Minipílula 1 tratamento(s) disponíveis Continuar
  • Contracepção de Emergência 2 tratamento(s) disponíveis Continuar
  • Adesivo Contraceptivo 1 tratamento(s) disponíveis Continuar