A Clamídia é uma das DSTs mais comuns na Europa e no Mundo. A maior prevalência dá-se principalmente nos jovens entre os 16 e 25 anos, apesar de afetar igualmente todas as outras idades. Mais de 50% das pessoas infectadas não sofrem sintomas o que torna a clamídia ainda mais perigosa. Quando sofrem de sintomas, são muito semelhantes aos de outras DST's como a Gonorreia tornando difícil o diagnóstico.

A Clamídia pode ser tratada com recurso a administração oral de antibióticos. Pode adquirir estes medicamentos online de forma segura na medilico.

  • Prescrição online
    do nosso médico
  • Prescrição
    válida em qualquer farmácia
  • Entrega expressa
    sem custo
  • Tudo incluído no preço
    Não há taxas adicionais

Azitromicina

Fabricante: Teva

A Azitromicina é um antibiótico do grupo "macrólidos" pouplarmente utilizado no tratamento da Clamídia. Pode destruir as bactérias que são responsáveis por causar a doença, impedindo-as a produzir as proteínas que necessitam para sobreviver. Para comprar o medicamento Azitromicina on-line, preencha o nosso breve questionário e então o nosso médico pode diagnosticar a sua condição. Receita médica e entrega estão incluídos no preço do medicamento.

Leia mais sobre isso Azitromicina
Faça a compra do Azitromicina e receba em casa
Entrega no dia seguintes sem custo Prescrição médica incluída
Faça o pedido do Azitromicina agora
Excepcional Trustpilot 4.5 / 5 Pacientes deixaram o seu comentário no trustpilot

Doxiciclina

Fabricante: Actavis

A Doxiciclina é um antibiótico que é geralmente usado no tratamento de infecções sexualmente transmissíveis (DSTs) e para a prevenção da malária. Como parte de um grupo de tratamentos conhecidos como antibióticos de tetraciclina, age abrandando o crescimento de infecções bacterianas, permitindo que o corpo as combata de forma eficaz. Para comprar o medicamento Doxiciclina on-line, preencha o nosso breve questionário e então o nosso médico pode diagnosticar a sua condição. Receita médica e entrega estão incluídos no preço do medicamento.

Leia mais sobre isso Doxiciclina
Faça a compra do Doxiciclina e receba em casa
Entrega no dia seguintes sem custo Prescrição médica incluída
Faça o pedido do Doxiciclina agora
Excepcional Trustpilot 4.5 / 5 Pacientes deixaram o seu comentário no trustpilot

O que é clamídia?

A clamídia é transmitida pela bactéria denominada Chlamydia trachomatis, não apresentando sintomas em todas as pessoas contaminadas. A infecção pode passar despercebida por anos, fazendo com que seus portadores assintomáticos se tornem fonte de contaminação.

Essa condição tornou a clamídia uma das doenças mais comuns no mundo todo, uma vez que quem transmite a bactéria não sabe que a transmitiu e quem a recebe não sabe que foi contaminado.

Atualmente, segundo estatísticas, existem pelo menos 5% de população adulta e 10% de população adolescente, ativos sexualmente, serão contaminados pela clamídia. A situação se apresenta dessa maneira em virtude da liberalização sexual dos últimos tempos, com adolescentes tendo diversos parceiros, mantendo relações sexuais sem os cuidados necessários, principalmente o uso de preservativo.

Causas da clamídia

A infecção pela clamídia pode ocorrer através do contato sexual, em relações anais, vaginais ou orais, e também no parto, com a transmissão da bactéria da mãe para o bebê no momento do nascimento.

Da mesma forma que a gonorreia, semelhante à clamídia quando esta apresenta sintomas, a transmissão somente acontece através de relações sexuais, não havendo qualquer risco de contaminação em piscinas públicas, banheiros ou através do beijo.

A medicina ainda não possui qualquer comprovação de transmissão da bactéria causadora da clamídia através do uso comum de toalhas ou de contato com roupas íntimas, embora seja algo possível, teoricamente, principalmente se houver contato com secreções frescas contaminadas com a clamídia.

Um caso que precisa de comprovação seria o uso de uma toalha por uma mulher com corrimento vaginal, contaminada com clamídia, que tivesse essa toalha usada por outra mulher, por exemplo, para secar as partes genitais. Segundo especialistas, existe, nesse fato a possibilidade de contaminação, embora apresenta-se como situação bastante hipotética.

Outra possibilidade de contaminação da clamídia é através dos olhos, se houver contato das mãos contaminadas com secreções de pessoas com clamídia, e a pessoa coçar os olhos sem antes lavar as mãos.

Sintomas da clamídia

A maior parte dos contaminados por clamídia não apresenta sinais da doença. Em mulheres, o percentual de pessoas sintomáticas é de 10% e, em homens, em torno de 30%. No entanto, é importante salientar que, mesmo sem sintomas, uma pessoa contaminada pode transmitir a clamídia para parceiros sexuais.

O desenvolvimento dos sintomas da clamídia, quando ocorrem, surgem no período entre 1 e 3 semanas após a contaminação, apresentando-se da seguinte maneira:

Sintomas da clamídia em mulheres:

  • Corrimento vaginal, sangramento, dores abdominais, dores durante o sexo e ardor ou dores ao urinar.

Sintomas da clamídia em homens:

  • Dor ou ardência ao urinar, corrimento purulento pela uretra, dores nos testículos, inchaço e inflamação no ânus em homossexuais passivos (proctite).

Caso haja transmissão de clamídia por via oral, através do sexo, pode surgir faringite, embora seja um quadro pouco comum.

Algumas complicações podem ocorrer em pessoas infectadas com a clamídia, que podem apresentar pouco ou nenhum sintoma, o que as leva a não procurar cuidados médicos, como a progressão da bactéria em direção ao útero, trompas e ovário, gerando uma grave infecção conhecida como DIP, ou doença inflamatória pélvica.

Em mulheres contaminadas pela clamídia também pode haver o desenvolvimento de quadro de infertilidade, quando ocorre lesão nas trompas ou no útero por uma infecção prolongada. Alguns casos de infecção de mulheres também apresentam maiores riscos de desenvolvimento de câncer no colo do útero.

Mulheres grávidas contaminadas pela clamídia podem ter casos de parto prematuro e bebês que nascem de mães infectadas também podem ser contaminadas, desenvolvendo complicações precoces. Uma das causas mais comuns de pneumonia e conjuntivite em recém-nascidos é a contaminação pela bactéria da clamídia.

No sexo masculino, a complicação mais comum provocada pela clamídia é a infecção da próstata, além da infecção do epidídimo (localizado logo acima dos testículos).

A clamídia possui alguns sorotipos diferenciados, chamados de L1, L2 e L3, que também podem apresentar a doença denominada linfogranuloma venéreo, como um quadro diferente da contaminação comum da bactéria.

A infecção, nessa variação da clamídia, é caracterizada por um nódulo, que começa muito pequeno e que se rompe, formando uma úlcera genital. Depois de um máximo de 6 semanas, a infecção se estende para os nódulos linfáticos regionais, atacando os gânglios da virilha, gerando uma inflamação que forma bubões que, ao se romper, provocam vazamento de grande quantidade de pus.

Diagnóstico da clamídia

A clamídia é diagnosticada através de exames de material coletado através da urina ou da amostra de material colhido na vagina, no colo do útero, na uretra ou no ânus. Os resultados ficam disponíveis no prazo máximo de 48 horas.

Embora alguns médicos solicitem a sorologia para pesquisa de anticorpos IgM e IgP contra a clamídia, o exame não se apresenta totalmente confiável, sendo mais interessante a pesquisa através da técnica denominada PCR, que busca a presença do DND da clamídia nas secreções coletadas. Em homens, a pesquisa através do DNA deve ser feita através da urina.

Prevenção da clamídia

A prevenção é o melhor meio de evitar a contaminação pela clamídia, mantendo relações sexuais protegidas com preservativos, evitando-se contato das partes íntimas com parceiros não tão conhecidos e evitando o sexo oral.

Tratamento da clamídia

Doxiciclina

A Doxiciclina é um dos medicamentos indicados para o tratamento da clamídia, fornecendo alívio eficaz contra os sintomas e eliminando as bactérias contaminantes. Os efeitos bacterianos da Doxiciclina interferem com a capacidade de as bactérias produzirem proteínas essenciais à sua sobrevivência, evitando sua disseminação.

Azitromicina

Azitromicina é um antibiótico que impede o crescimento das bactérias e sua disseminação, interferindo em sua capacidade de produção de proteínas. Com essa interferência, a Azitromicina concede ao sistema imunológico tempo para eliminar a infecção, não possibilitando a continuidade do processo de contaminação.

Fonte: 

Chlamydia - URL: cdc.gov

MANUAL DE BOLSO CONTROLE DAS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS DST - URL: bvsms.saude.gov.br

Como funciona
    • Selecione o seu medicamento

      Escolha a medicação que gostaria de comprar e selecione a dosagem e quantidade adequada para prosseguir com a sua consulta.

    • Preencha o formulário médico privado

      Preencha o formulário de consulta médica para fornecer mais informações sobre o seu estado de saúde atual para o seu médico. Isto irá permitir que o mesmogaranta que o tratamento prescrito é o mais adequado.

    • O médico emite a prescrição

      Uma vez que o nosso médico verifica o formulário preenchido, uma prescrição é criada e enviada diretamente para a nossa farmácia, que irá então enviar o seumedicamento.

    • O medicamento é enviado no dia seguinte

      A nossa farmácia registada no Reino Unido irá completar uma verificação final garantindo que vai receber o tratamento adequado no dia seguinte.