O Viagra é o medicamento para disfunção erétil mais utilizado em todo o mundo. Infelizmente, seu uso ocorre, muitas vezes, de forma indiscriminada, ou seja, homens preferem consumi-lo sem consultar um médico ou se informarem melhor sobre como usar, o que evitar e etc.

Um dos casos mais comum é o da associação entre o remédio e o consumo de álcool. Como relações sexuais estão relacionadas com a vida social, é bastante comum tomá-la após a ingestão de grandes quantidades de bebidas alcoólicas, sem que se haja uma consciência dos efeitos que esse hábito pode trazer ao usuário.

A seguir, esclareceremos se essas substâncias podem ser combinadas e, se sim, de que forma podem ser feitas.

Interações do Viagra

O Viagra, assim como outros medicamentos com o mesmo objetivo, não devem ser utilizados por pacientes usuários de nitratos, pois isso irá amplificar a ação vasodilatadora e acarretar a diminuição da pressão arterial do paciente. Em alguns casos, essa hipotensão pode ser até mesmo fatal. No mercado brasileiro, os medicamentos de nitratos são:

  • Dinitrato de isossorbida
  • Mononitrato de isossorbida
  • Nitroglicerina
  • Propatilnitrato

Além disso, não deve ser combinado com outros remédios para disfunção erétil (impotência), não importando qual o ingrediente ativo. Alguns homens usam esse recurso por acreditarem na melhora da performance sexual, o que é um mito.

Outros medicamentos proibidos são a eritromicina e o ritonavir, pois eles alteram a forma de ação do Viagra, diminuindo seu metabolismo e podem potencializar os efeitos indesejáveis. Qualquer interação com outros medicamentos que também inibam as enzimas do grupo das PDE5 precisa ser levada em consideração antes da prescrição do Viagra.

A toranja, alimento também conhecido como "grapefruit", interage de forma perigosa com o Viagra e com vários outros medicamentos, devendo ser evitada por quem faz tratamento para disfunção erétil.

Portanto, é muito importante que o paciente informe ao médico todos os medicamentos, contínuos ou não, que toma para que o profissional seja capaz de prescrever corretamente o Viagra.

Sobredosagem de Viagra e álcool

Qualquer remédio deve ser tomado somente de acordo com a dosagem prescrita pelo médico. Infelizmente não é o que acontece, já que muitos homens ainda têm vergonha de assumirem o problema e preferem comprar e tomá-lo em segredo.

A sobredosagem do Viagra costuma estar associada ao mito do "mais é melhor": muitos acreditam que, aumentando a dose do remédio, amplificam-se os seus benefícios. Ledo engano: além de não favorecer em nada o desempenho sexual, isso ainda traz grandes riscos de efeitos colaterais.

A dosagem excessiva de Viagra, álcool ou da combinação das duas substâncias é ainda mais perigosa levando a quadros de tontura, vômito, insuficiência cardíaca e a própria impotência, o que não deixa de ser até irônico.

Tenha sempre muito cuidado com a quantidade ingerida, seja de álcool, seja de qualquer medicamento e, antes de se automedicar, consulte sempre um profissional no assunto. Isso pode ser a diferença entre a vida e a morte.

Fontes:

Publicado em 15 de Abril de 2017.

  • Faça o pedido da prescrição Viagra apenas

    O nosso médico emitirá a prescrição brevemente após a consulta online. A prescrição será enviada para o seu email e pode ser utilizada em qualquer farmácia.

    Faça o pedido da sua prescrição agora
    ou
  • Faça a compra do Viagra e receba em casa

    A nossa farmácia irá enviar o seu medicamento para o endereço escolhido no momento da compra. O nosso serviço inclui médico, prescrição e entrega expressa em 24h.

    Faça o pedido do Viagra agora