• Lisinopril
  • Comprimidos lisinopril
  • Lisinopril farmacia portugal
  • Lisinopril
  • Comprimidos lisinopril
  • Lisinopril farmacia portugal
  4 / 5
Os nossos pacientes avaliaram-nos no
Nosso serviço é licenciado: Click for company profile

Lisinopril funciona como Inibidor da Enzima Conversora da Angiotensina - IECA. O mesmo diminui a hipertensão em apenas uma dose diária, também ajuda nos sintomas de falência cardíaca.

Pode comprar Lisinopril de forma segura na medilico bastando para isso preencher um rápido e discreto questionário/consulta médica online. Receita Médica e Entrega incluídos no preço.

Faça a compra do Lisinopril e receba em casa

A nossa farmácia irá enviar o seu medicamento para o endereço escolhido no momento da compra. O nosso serviço inclui médico, prescrição e entrega expressa em 24h.

  • Entrega no dia seguintes sem custo
  • Prescrição médica incluída
  • Compre antes das 16h para receber até amanhã
Faça o pedido do Lisinopril agora

O que é Lisinopril e para que é usado?

Lisinopril é um medicamento apresentado na forma de comprimido para uso via oral, no tratamento de diversas condições.

Esse medicamento é um anti-hipertensivo, pertencente ao grupo de medicamentos conhecido como inibidores da Enzima Conversora da Angiotensina, ou, simplesmente, inibidores de ECA, que ajudam a relaxar os vasos sanguíneos.

Pode ser utilizado como monoterapia ou combinado com outras classes de medicamentos no tratamento de hipertensão arterial, insuficiência cardíaca, enfarte agudo do miocárdio e complicações renais e retinianas relacionadas a diabetes mellitus e hipertensão.

Não é recomendado o uso de lisinopril em caso de enfarte agudo do miocárdio se o paciente se encontrar em deterioração hemodinâmica grave após tratamento com um vasodilatador.

Para que Lisinopril é útil?

Com o uso diário do medicamento, o paciente hipertenso obtém controle da pressão arterial.

Para os pacientes que sofreram enfarte agudo do miocárdio, o medicamento ajuda no processo de recuperação. E por ajudar o coração a bombear o sangue mais facilmente, auxilia pacientes que sofrem de insuficiência cardíaca sintomática.

Lisinopril é utilizado em pacientes em tratamento de diabetes mellitus e hipertensão, para prevenir ou retardar o surgimento de doenças renais.

Não são apenas os hipertensos que podem fazer uso desse medicamento. Mesmo em casos em que a pressão arterial esteja normal, se, porém, houver a necessidade de ajudar o funcionamento do coração, Lisinopril também é indicado.

Armazenamento e disposição do Lisinopril

É apresentado na forma de comprimidos, com quatro possíveis dosagens: 2.5 mg, 5 mg, 10 mg ou 20 mg de Lisinopril como substância ativa por comprimido.

O de 2.5 mg corresponde a 2.22 mg de Lisinopril di-hidratado o de 5 mg corresponde a 5,44 mg; o de 10 mg corresponde a 10,89 mg; e o de 20 mg corresponde a 21,78 mg de Lisinopril di-hidratado.

Os excipientes do fármaco são: celulose microcristalina, óxido de ferro vermelho, dióxido de silício, estearato de magnésio, fosfato de cálcio dibásico di-hidratado, manitol, talco.

Lisinopril apresenta validade de 24 meses a partir de sua data de fabricação (impressa na embalagem externa do produto). Esse medicamento não deve ser utilizado fora de sua data de validade, pois pode ser prejudicial à saúde. Ele deve ser mantido em temperatura ambiente (entre 15 e 30oC), protegido da luz e umidade.

Efeito do Lisinopril e como funciona

Lisinopril é um anti-hipertensor do grupo de inibidores da ECA, que atuam neutralizando a atividade da angiotensina II, substância que é produzida quando há aumento do volume dos níveis de renina (enzima secretada pelas células justaglomerulares dos rins) na corrente sanguínea. Essa substância possui efeito hipertensor, e ao neutralizá-la com uso de medicamento inibidor de ECA, causa o efeito hipotensor, fazendo com que a pressão arterial diminua.

O Lisinopril ajuda a relaxar os vasos sanguíneos, auxiliando no bombeamento do sangue sem exigir tanto esforço e permitindo que o sangue flua mais facilmente, diminuindo a pressão arterial.

Qual é a eficácia do Lisinopril:

Em pacientes com hipertensão arterial, Lisinopril se mostra eficaz na redução da pressão diastólica e na redução da pressão sistólica.

Em pacientes tratados por Insuficiência Cardíaca Congestiva, esse medicamento é utilizado principalmente com o objetivo de reduzir os riscos de mortalidade e hospitalização de todas as possíveis causas, incluindo hospitalização cardiovascular.

Para pacientes que sofreram Infarto Agudo do Miocárdio, Lisinopril, sozinho ou em combinação com gliceril trinitrato, é utilizado com o objetivo de reduzir o risco de mortalidade dos pacientes e na recuperação da função cardíaca, inclusive em grupos de alto risco.

Lisinopril é um medicamento eficaz no tratamento preventivo de praticamente todas as complicações em pacientes que sofrem de problemas renais e retinianos de diabetes mellitus, devido a ser um medicamento inibidor de ECA.

  • Redução do risco de progressão para macroalbuminúria em pacientes portadores de diabetes do tipo I e microalbuminúria;
  • Redução do risco de progressão do quadro de macroalbuminúria;
  • Menores níveis de fator de crescimento endotelial vascular (VEGF) em pacientes portadores de retinopatia proliferativa diabética;
  • Redução do valor de excreção urinária de albumina;
  • Redução da pressão sistólica/diastólica.

Administração & dosagem do Lisinopril

Lisinopril deve ser tomado de acordo com as indicações do médico, em dose individualizada, de acordo com o perfil do paciente e com a resposta do mesmo ao medicamento.

  • Tratamento de pressão alta (hipertensão arterial)

A dose inicial habitual é de 10 mg de Lisinopril, uma vez ao dia. A dose usual de manutenção é de 20 mg do medicamento, 1 vez ao dia. A dose pode ser aumentada de acordo com a resposta apresentada geralmente após um período de duas a quatro semanas.

Para pacientes com comprometimento da função renal, que não podem deixar de receber tratamento diurético, depletados de volume e/ou sal ou com hipertensão renovascular, recomenda-se começar o tratamento com a administração de doses menores.

Em estudos clínicos de longo prazo, a dose máxima administrada foi de 80 mg por dia.

  • Pacientes tratados com diuréticos

Pacientes tratados com Lisinopril concomitante com diuréticos podem desenvolver hipotensão (pressão arterial baixa) após o inicio do tratamento. O tratamento deve ser administrado de forma cuidadosa, visto que doentes nesse quadro podem estar depletados de volume e/ou sal. Nesse caso, há duas opções. A primeira é descontinuar o tratamento com diuréticos de 2 a 3 dias antes de iniciar o uso de Lisinopril. A segunda opção, para o caso de hipertensos que não podem ter a terapia com diuréticos descontinuada, o tratamento com Lisinopril deve ser iniciado com a dose diária de 5 mg. A dose pode ser aumentada de acordo com a resposta da pressão arterial.

A terapia com diuréticos pode recomeçar em caso de necessidade.

  • Pacientes com insuficiência renal

Nesse caso, a posologia varia de acordo com os resultados do clearance de creatinina.

  • Pacientes com hipertensão renovascular

A dose inicial habitual é de 2,5 mg ou 5 mg de Lisinopril, pois pacientes com hipertensão renovascular, principalmente os que apresentam estenose bilateral da artéria renal (estreitamento da artéria dos rins) ou estenose da artéria renal em rim único, possuem mais chances de desenvolver reações exageradas ao medicamento.

A dose pode ser aumentada de acordo com a resposta da pressão arterial.

  • Pacientes com Insuficiência cardíaca congestiva

A dose inicial habitual é de 2,5 mg de Lisinopril, uma vez ao dia, em casos em que o medicamento é utilizado como tratamento adicional aos diuréticos e, quando apropriado, com digitálicos.

A dose pode ser aumentada de acordo com a resposta clínica individual do paciente. Nesse caso, a dose é ajustada por incrementos de no máximo 10 mg, em intervalos de no mínimo 2 semanas, para a dose mais alta tolerada pelo paciente que não exceder 35 mg uma vez ao dia. Esse cuidado é tomado com o objetivo de reduzir os casos de mortalidade e hospitalização dos pacientes com insuficiência cardíaca congestiva.

As condições de dosagem devem ser corrigidas antes do inicio do tratamento em casos de pacientes com alto risco de apresentar hipotensão sintomática (pacientes com depleção de sal, com ou sem hiponatremia, pacientes com hipovolemia ou pacientes que tenham recebido rigorosa terapia diurética). Recomenda-se um rígido acompanhamento da pressão arterial.

  • Tratamento de infarto agudo do miocárdio

A dose inicial habitual é de 5 mg de Lisinopril, dentro de 24 horas após o início dos sintomas. A segunda dose é de 5 mg após 24 horas, seguida por uma dose de 10 mg, 48 horas após a primeira dose. A manutenção do tratamento requer administração de 10 mg do medicamento, 1 vez ao dia.

Quando o tratamento for iniciado, ou durante os três primeiros dias após o infarto, pacientes com baixa pressão sistólica (120mmHg ou menos) devem receber uma dose menor de 2,5 mg. Em caso de hipotensão (pressão sistólica menor ou igual a 100mmHg), pode-se administrar uma dose de manutenção de 5 mg, e caso seja necessário, reduzir temporariamente para 2,5 mg.

Lisinopril deve ser descontinuado caso ocorra hipotensão prolongada (pressão sistólica menor que 90mmHg por mais de uma hora).

O tratamento dura em média 6 semanas, sendo recomendado continuar o uso de Lisinopril caso o paciente desenvolva sintomas de insuficiência cardíaca.

O Lisinopril é compatível com trinitrato de gliceril transdérmico ou intravenoso.

  • Pacientes com complicações renais e retinianas de diabetes mellitus

A dose inicial habitual é de 10 mg de Lisinopril, 1 vez ao dia. Caso seja necessário atingir a pressão diastólica, na posição sentada, inferior a 75 mmHg, a dose pode ser aumentada para 20 mg, 1 vez ao dia.

A mesma recomendação é válida para pacientes diabéticos hipertensos não insulino-dependentes, caso seja necessário atingir a pressão diastólica, na posição sentada, inferior a 90 mmHg.

  • Idosos

Não existe alteração da eficácia e segurança no paciente idoso. O médico deve determinar a dose de acordo com as condições individuais do paciente. Porém, em caso da diminuição da função renal associada à idade avançada, devem ser utilizadas as orientações para pacientes com insuficiência renal para determinar a dose inicial do medicamento.

A dose pode ser aumentada de acordo com a resposta da pressão arterial.

  • Crianças

Não há indicação de uso de Lisinopril para crianças, pois a segurança e a eficácia não foram estabelecidas para esse caso.

Como o Lisinopril deve ser usado?

Esse medicamento deve ser tomado segundo as orientações médicas. Alterações na dosagem podem causar redução da pressão arterial, alterações renais e distúrbio eletrolítico.

Lisinopril é apresentado na forma de comprimidos que devem ser ingeridos por via oral, com água em uma única dose diária. Deve-se evitar tomar o medicamento com bebidas gaseificadas (refrigerantes e bebidas cítricas industrializadas).

A dose pode ser tomada antes, durante ou após as refeições, pois a absorção do medicamento não é afetada por alimentos. Pacientes que apresentam reações estomacais com o uso de medicamentos via oral podem tomar Lisinopril junto com as refeições.

Durante o tratamento com esse medicamento, é recomendado evitar ingerir alimentos ricos em potássio, tais como banana, laranja, tomate, mamão, abacate, etc.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns durante o uso de Lisinopril são:

  • Tontura;
  • Dor de cabeça;
  • Síncope (desmaio é um efeito colateral comum em pacientes que recebem o medicamento para tratamento de insuficiência cardíaca congestiva. Em pacientes hipertensos, essa reação ocorre de forma incomum);
  • Efeitos ortostáticos (incluindo queda da pressão arterial);
  • Tosse;
  • Diarreia;
  • Vômito;
  • Alterações da função dos rins.

    Outros efeitos colaterais podem ocorrer em menor frequência, tais como:

  • Hipercalemia;
  • Hiponatremia;
  • Alterações no humor;
  • Parestesia;
  • Vertigem;
  • Alterações no paladar;
  • Alterações no sono;
  • Alucinações;
  • Aumento da creatinina no sangue;
  • Rinite;
  • Confusão mental;
  • Alopecia;
  • Aumento na bilirrubina sérica;
  • Hipoglicemia;
  • Insuficiência hepática; entre outros.

Interações e contraindicações (advertências)

É recomendado precaução durante o tratamento com Lisinopril em pacientes que apresentam os seguintes quadros:

  • Pacientes com distúrbios vasculares do colágeno e renal;
  • Pacientes com problemas cardiovasculares, com diarreia ou vômito, com problemas renais e que fazem diálise;
  • Pacientes que estão em terapia diurética, dieta com restrição de sais e tomam suplementos de potássio ou substituto de sal de cozinha que contém potássio;
  • Pacientes que estão recebendo tratamento de dessensibilização para alguma alergia;
  • Pacientes que têm pressão baixa podem notar fraqueza ou tontura;
  • Pacientes afrodescendentes podem apresentar efeito menor quando comparados aos pacientes de outras etnias;
  • Em pacientes diabéticos com uso de antidiabéticos, principalmente associados à insuficiência renal, pode haver queda do açúcar no sangue.

Mulheres com suspeita de gravidez que estejam utilizando Lisinopril devem informar ao médico imediatamente. Mulheres grávidas somente devem fazer uso desse medicamento sob supervisão médica.

Lisinopril pode ser utilizado com outros medicamentos de forma cautelosa, devido às interações possíveis. Informe ao médico caso esteja fazendo uso de algum dos medicamentos abaixo:

  • Diuréticos;
  • Antidiabéticos;
  • Suplementos de potássio;
  • Diuréticos e substitutos do sal que retêm potássio;
  • Lítio (para transtornos psiquiátricos);
  • Sais de ouro (por ex.: aurotiomalato de sódio);
  • Outros anti-hipertensivos, exceto aqueles que contenham alisquireno (pode estar presente em outros tipos de medicamento);
  • Indometacina;
  • Anti-inflamatórios não esteroidais.

Quando o Lisinopril não deve ser usado

Lisinopril não deve ser utilizado nas seguintes situações:

  • Em pessoas que apresentam hipersensibilidade ao Lisinopril ou a qualquer um dos componentes da fórmula;
  • Por pacientes que tomam medicamentos contendo alisquireno para o tratamento de diabetes mellitus (tipo I e II) ou insuficiência renal moderada;
  • Por pacientes com angioedema relacionado ao tratamento prévio com medicamento inibidor de ECA (enzima conversora da angiotensina), angioedema hereditário ou idiopático;
  • Esse medicamento não é recomendado para mulheres grávidas e não deve ser tomado por mulheres no segundo ou terceiro trimestre de gravidez, que pretendem engravidar ou que estejam amamentando.

Pacientes que apresentarem efeitos colaterais como tontura e cansaço por causa do medicamento não devem operar máquinas e dirigir veículos.

Caso Lisinopril esteja dentro do prazo de validade e for observada alguma mudança no aspecto do medicamento, o mesmo só deve ser consumido após verificação com o médico ou farmacêutico.

Compra online do medicamento de prescrição Lisinopril na Medilico

O Lisinopril é um medicamento de prescrição, por isso não pode ser adquirido sem receita médica. A clínica online Medilico fornece uma alternativa fácil e segura, permitindo que compre o Lisinopril através de uma consulta online com um dos nossos médicos registados.

Para o fazer apenas precisará de preencher um formulário médico com informações gerais sobre a sua condição de saúde. O formulário será enviado prontamente para um dos nossos médicos, que vai analisar e avaliar as suas informações, tendo em conta o seu historial médico pessoal e a aptidão individual determinada para utilização deste fármaco. Se a sua consulta for aprovada, o médico emitirá uma receita e o medicamento será então enviado de forma imediata pela nossa farmácia localizada no Reino Unido.

É extremamente desaprovado a compra do Lisinopril sem receita médica na Internet. A avaliação dos sintomas indicados e prescrição do medicamento precisa ser feita por um médico qualificado, para que assim se evite o risco de erros no diagnóstico. No pior dos casos, a sua condição até se pode agravar. Na Medilico, pode contar com um serviço simples, discreto e seguro a qualquer momento.

Envio do Lisinopril – Rapidez

O tempo estimado de entrega para Portugal é de 24h úteis via UPS ou de 3-5 dias úteis via CTT. O tempo exato será sempre informado via e-mail após conclusão da compra.

Realizamos entregas para qualquer endereço de sua escolha, em toda a Europa.

O envio para o Brasil está também disponível. A entrega é feita via Correios do Brasil sendo o tempo estimado de entrega do medicamento de 7 a 10 dias úteis.

Envio do Lisinopril – Discrição

Na Medilico, temos como prioridade proteger a sua privacidade, por isso a medicação será enviada num pacote discreto e não fazemos qualquer menção da nossa empresa, produto comprado ou detalhes sobre o serviço na descrição de cobrança.

Fontes:


  1. Lisinopril Comprimido 5, 10 e 20mg, Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária  (2016)- URL: anvisa.gov.br
  2. Folheto Informativo - Lisinopril Ciclum 5 mg Comprimidos Lisinopril Ciclum 20 mg Comprimidos, Infarmed, Autoridade Nacional de Medicamentos e produtos da saúde (2015) - URL: infarmed.pt
  3. Package Leaflet: Information for the user about Lisinopril 5 mg, 10 mg & 20 mg Tablets, eMC, The electronic Medicines Compendium (2015) - URL: medicines.org.uk
Como funciona
  • Selecione o seu medicamento

    Escolha a medicação que gostaria de comprar e selecione a dosagem e quantidade adequada para prosseguir com a sua consulta.

  • Preencha o formulário médico privado

    Preencha o formulário de consulta médica para fornecer mais informações sobre o seu estado de saúde atual para o seu médico. Isto irá permitir que o mesmogaranta que o tratamento prescrito é o mais adequado.

  • O médico emite a prescrição

    Uma vez que o nosso médico verifica o formulário preenchido, uma prescrição é criada e enviada diretamente para a nossa farmácia, que irá então enviar o seumedicamento.

  • O medicamento é enviado no dia seguinte

    A nossa farmácia registada no Reino Unido irá completar uma verificação final garantindo que vai receber o tratamento adequado no dia seguinte.

  • Faça o pedido da prescrição Lisinopril apenas

    O nosso médico emitirá a prescrição brevemente após a consulta online. A prescrição será enviada para o seu email e pode ser utilizada em qualquer farmácia.

    Faça o pedido da sua prescrição agora
    ou
  • Faça a compra do Lisinopril e receba em casa

    A nossa farmácia irá enviar o seu medicamento para o endereço escolhido no momento da compra. O nosso serviço inclui médico, prescrição e entrega expressa em 24h.

    Faça o pedido do Lisinopril agora
Dose
Tamanho da embalagem
Preço total do serviço: 
  • O nosso serviço inclui:
  • Serviço médico
  • Entrega expressa grátis
  • Consulta online
Compre antes das 16h para receber até amanhã